Como parar de fumar – Complicações pulmonares

Como todos sabem a grande maioria, o ato de fumar nós causa diversos malefícios à saúde física quanto mental, mas nem todos sabem o que realmente acontece com o nosso corpo e como ele reage diante disso tudo; nem o que contém neste pequeno bolo de fumo para que consiga nos trazer tanto mal. Hoje, trazemos um pouco de dicas para quem desejar parar de fumar, como também, como tudo age dentro de nos.

Mas, quais são os malefícios?

Alias, quando o fumante já obtém um uso continuo do fumo por algum tempo ele esta sujeito adquirir determinas doenças, como por exemplo:

  • Câncer de Pulmão, boca, laringe, faringe, rins, esôfago e colo de útero
  • Doença Coronariana como angina e infarto
  • Cerebrovasculares mas conhecida como AVC
  • Doenças respiratórias
  • Úlcera gastrintestinal
  • Tuberculose
  • Impotência Sexual
  • Infertilidade em homens e mulheres e várias outras

Enfisema pulmonar e bronquite

O enfisema pulmonar e bronquite hoje,é considerada como Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, ou seja, é uma doença respiratória progressiva que não tem cura, pela qual, é resignada pela inflamação dos pulmões e lesões.

Portanto, quando inalamos a fumaça emitida pelo cigarro sendo fumante ativo ou até mesmo passivos está sujeito a doença, desta forma, a fumaça entrando em nossos pulmões é capaz de obter uma inflamação no tecido que reveste as vias respiratórias, assim, dificultando a passagem de ar e reduzindo a capacidade dos pulmões.

Embora, esta inflamação faz com que as células e tecido não funcionem devidamente, desta forma, havendo a dilatação das vias respiratórias e aprisionando o ar pelo qual podemos identificar o enfisema pulmonar, como também, a disfunção das glândulas que produzem muco, causando tosse e produção de secreção respiratória que consideramos a bronquite.

Sintomas

  • Tosse Crônica
  • Produção Excessiva de Catarro, principalmente, pela manhã
  • Surgimento de Pneumonia Frequente

Como posso parar de fumar?

Deixar um vício no passado nunca é fácil, especialmente sem a estratégia correta.

Envolva amigos

Nossos amigos e familiares são vitais para nosso sucesso com esse tipo de coisa.
Eles podem ser seus maiores apoiadores ou maiores responsáveis se estiverem determinados a te ajudar nessa nova jornada.

Certificar-se de que seus amigos estão do lado é essencial e, melhor ainda, veja se alguns podem enfrentar o desafio com você.

E se eles não estiverem a bordo? Então os largue também – especialmente se forem fumantes.
Cercar-se de outras pessoas que não fumam facilitará o processo.

Utilize medicamentos para parar de fumar

Nem sempre é tão simples quanto abandonar os cigarros na primeira tentativa. Mas o uso de terapias de reposição de nicotina, como adesivos e pastilhas, aumenta sua chance de parar em 1,5 vezes e usar um remédio para parar de fumar leva a um aumento de quatro vezes nas suas chances de abandonar os cigarros para sempre.

Estes podem incluir não apenas a reposição da nicotina, mas também comprimidos e sprays para a boca. Esse tipo de produto funciona liberando o sabor real dos componentes do cigarro e auxilia a minimizar os sintomas da abstinência e reduzir os desejos pelo cigarro.

E, de acordo com pesquisas, você tem duas vezes mais chances de parar de fumar usando o medicamento correto.

Seja ativo

Os cientistas dizem que mesmo cinco minutos de caminhada ou alongamento são suficientes para reduzir os desejos pelo cigarro, ansiedade e estresse.

Além de encontrar o tratamento certo que funcione para você, é uma boa idéia ser o mais ativo possível durante sua jornada para parar de fumar, pois o exercício pode funcionar como um método de distração, além de liberar endorfinas que irão melhorar seu humor e produzir substâncias químicas anti desejo no cérebro.

Isso pode ser essencial, pois pode ocorrer um maior nervosismo nos primeiros estágios de parar de fumar.