Parar de beber : O que acontece no seu organismo?

Parar de beber pode ter inúmeros benefícios, no entanto se a pessoa não abusa regularmente ou é dependente dessa substância. Mesmo que benefícios em parar de beber álcool podem incluir melhora no sono e perda de peso e aqueles que são dependentes dessa substância devem procurar um tratamento para ter sucesso e continuar sóbrio.  

Decidir parar de beber traz vários benefícios. Seja aqueles que tenham notado hábitos nada saudáveis relacionados à bebida, aquele que é completamente dependente do álcool ou quem simplesmente quer parar de beber bebidas alcoólicas por motivos de saúde e bem estar, todos podem experimentar mudanças positivas na mente e no corpo quando essa substância é deitada de lado. 

Para algumas pessoas, parar de beber pode ser simples, ou ao menos não irá causar sintomas de abstinência. Mas outros não têm a mesma sorte, especialmente quem vem abusando do uso do álcool e se tornou dependente dessa substância. Nesse último caso, é recomendável fazer o uso de tratamentos que visam cortar a bebida e os sintomas da abstinência.  

Apesar do pensamento em desistir do álcool parecer aterrorizante, os benefícios que a pessoa pode ter, além das melhorias na saúde e estar bem geral, fazem essa escolha valer a pena. 

Por que as pessoas param de beber?

Para quem bebe raramente, a ideia de nunca mais beber pode nunca passar pela cabeça, mas para milhões de brasileiros que bebem –e abusam- do álcool regularmente, poder ver a sobriedade como um objetivo a curto ou longo prazo. Em adição, alcoólatras podem tentar parar de beber, pois querem ganhar novamente o controle sob suas vidas e escolhas.  

Não é segredo que o consumo regular pode causar diversos problemas de saúde e outros efeitos colaterais negativos. Parar de beber de vez é a melhor maneira de evitar os efeitos colaterais e viver uma vida significativa e saudável na sobriedade. 

Se você ainda não tem certeza se parar de consumir álcool é algo que você deve considerar, se pergunte as questões seguintes:

  • Eu minto sobre isso ou tento esconder o meu consumo de bebidas alcoólicas?
  • Eu dependo do álcool em situações sociais?
  • Perdi amigos ou relacionamentos por causa da bebida?
  • Tive problemas na escola, faculdade ou trabalho por causa da bebida?
  • Tive problemas legais por causa do álcool?
  • Tenho dificuldade em me controlar e normalmente acabo bebendo mais do que o planejado?
  • Experimentei sintomas de abstinência como tremores são extremidades do corpo como mãos e pés, depois de beber?
  • Já tentei parar de beber antes, e não obtive sucesso? 

Se você respondeu “sim” para qualquer uma dessas questões, parar de beber álcool pode ser uma boa decisão. E se você está experimentando a dependência dessa substância, escolher deixar o vício no passado é necessário, pois só assim é possível prevenir doenças relacionadas ao álcool. 

Apesar disso, mesmo se você respondeu “não” para todas as questões acima, você ainda pode se beneficiar em viver uma vida sóbria.

Você ou algum entre querido está sofrendo com o abuso ou dependência do álcool? 

Potenciais sintomas da abstinência do álcool

Apesar de parar de beber ser algo bom, algumas pessoas podem sentir os sintomas da abstinência do álcool quando pararam de vez. Quando alguém para de beber depois de um período extenso de uso regular ou abuso, o corpo entra em choque. Como resultado disso, a pessoa pode sentir alguns sintomas psicológicos e físicos da abstinência. 

Os sintomas mais comuns da abstinência do álcool incluem:

  • Tremores;
  • Ansiedade;
  • Dor de cabeça;
  • Suor excessivo;
  • Batimentos cardíacos acelerados;
  • Depressão;
  • Insônia;
  • Estômago irritado;
  • Irritabilidade e outras alterações no humor;
  • Fatiga. 

Para indivíduos que são severamente dependentes do álcool, outros sintomas mais extremos e perigosos podem surgir. Entre esses sintomas está o delírio, o que pode causar confusão, alucinações e até mesmo morte. Pessoas que são fisicamente dependentes do álcool podem procurar tratamentos que desintoxicam o corpo e auxiliam no controle dos sintomas da abstinência. 

Esses sintomas tipicamente começam cerca de um dia após parar de beber e podem durar até uma semana, em média. Os sintomas mais graves costumam surgir entre dois e três dias depois de parar de consumir bebidas alcoólicas. Apesar de serem desconfortáveis, esses sintomas vão passar e em breve será possível sentir os efeito positivos da sobriedade. 

Sintomas físicos 

Muitos vão começar a sentir os sintomas físicos da sobriedade logo após parar de beber, e alguns podem até mesmo sentir os sintomas psicológicos. Por quanto tempo e quanto a pessoa costumava beber irá influenciar nos sintomas físicos.

Os sintomas físicos podem incluir:

  • Sistema imunológico mais forte e resistente;
  • Perda ou ganho de peso; 
  • Melhor qualidade do sono;
  • Diminui os riscos de câncer;
  • Melhora a digestão;
  • Melhora a saúde cardiovascular.

Enquanto, o corpo se cura do abuso de bebidas alcoólicas, a pessoa irá sentir cada vez mais benefícios em estar sóbrio. Alguns efeitos físicos podem levar mais tempo que outros para aparecerem, mas a certeza é apenas uma: parar de beber irá reduzir o risco de desenvolver problemas no coração, além de diversas outras doenças. 

Efeitos mentais 

Mudanças físicas não são os únicos benefícios que podem vir com a sobriedade, muitos também conseguem sentir uma melhora em aspectos mentais também. Os indivíduos irão se sentir mais dispostos, mentalmente “limpos”, além de se sentirem mais estáveis emocionalmente. 

Outros benefícios em cortar o álcool podem incluir:

  • Melhora da memória;
  • Função cerebral mais saudável;
  • Pode reduzir a depressão e ansiedade.

Portanto, deixar esse vício no passado e parar de beber de vez, especialmente depois de sofrer com a dependência dessa substância tão perigosa, pode ser libertador. A pessoa pode se sentir mais confiantes de si mesmo e de suas decisões na vida. Muitas pessoas podem também sentir uma melhora significativa na vida sexual, social, acadêmica e profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *